a
HomeCabine de Imprensa & Crítica“Se Você Soubesse” com Gael Garcia Bernal complexo/ Crítica

“Se Você Soubesse” com Gael Garcia Bernal complexo/ Crítica

“Se Você Soubesse” com Gael Garcia Bernal complexo/ Crítica

Se Você Soubesse (Si Tu Voyais Son Coeur), título original.

 

É um filme complexo o que nos chama atenção para o que o autor quis nos mostrar, sendo de difícil entendimento para alguns espectadores, mais rico por mexer em questões perturbadoras, como a exclusão social, os conflitos em família, as rivalidades, e se mantendo coeso em sua proposta.

Gael Garcia Bernal com uma filmografia diferenciada vem abrilhantar o seu personagem Daniel, a quem a vida maltrata, que em meio aos conflitos vistos, consegue enxergar uma saída em meio á sua severa realidade.

O bom moço, é cercado por situações que em nada lhe proporciona uma instabilidade racional, ao qual percebemos um voltar de cenas que nos chama a atenção, pois passado e presente se misturam.

Apegado aos amigos e familiares, (Daniel, Gael) vive no mundo do crime com Costel (Nahuel Pérez Biscayart), que morre assim que firmam uma parceria.

O que deixa-o completamente transtornado junto ao seu irmão Lucho ((Mariano Santiago) que nada facilita para Daniel.

Foto Gael García Bernal, Marine Vacth

Daniel ao conhecer francine (Marine Vacth) tenta acalmar a si e a se endireitar, mas os conflitos permeiam a trama que nos apresenta uma fotografia meio anos 80, cenários que fogem ao convencional.

Vale conferir Se Você Soubesse, e entender um pouco da proposta de Joan Chemla.


Considerações:

O filme fica longe do convencional, e nos mostra a hostilidade crua em situações que não nos deixa confortáveis.

Gael Garcia Bernal em entrevista recente disse: É um filme sob um ponto de vista muito pessoal. Que, se tivermos que definir com conceitos óbvios, trata-se de um filme de autor”. Talvez seja mesmo uma visão extremamente íntima do cineasta. Pena que, embora com ótimas intenções, não tenha sido tão bem compreendida.

O protagonista tem em sua filmografia filmes que se parecem: Amores Brutos, O Passado, O Crime do Padre Amaro, Ensaio Sobre a Cegueira e outros.

Inspirado no livro Boarding Home, do cubano Guillermo Rosales. O longa foi exibido na última edição do Festival de Cinema de Toronto.

Distribuidora: Plataforma Digital junto a Sinny Assessoria.


Título original: Si Tu Voyais Son Coeur
Direção: Joan Chemla
Elenco: Gael García Bernal, Marine Vacth, Nahuel Perez Biscayart
Distribuição: Sofá Digital / Sinny Assessoria de Imprensa
Data de estreia: qui, 03/05/18
País: França
Gênero: drama, suspense
Ano de produção: 2017
Duração: 88 minutos
Classificação: a definir


 

Compartilhe com:
Quanto vale este artigo?

Natural de Brasília, carioca de coração. Artista Plástica, desenhista, poetisa e fotógrafa. Começou cedo nas artes, fazendo caricaturas dos amigos ainda no Colegial, fez desenho livre no Oberg Cursos de Desenho e seus quadros seguem o realismo, tendo como mestres Edward Hopper, Gustave Caillebotte e Amadeo Modigliani. Em sua estante tem biografias como de Walt Disney, Victor Hugo e Tony Blair entre outros que fizeram história. Na fotografia desde 2005, fez revelação de fotos em laboratório, época da fotografia Analógica, se rendeu a era digital tendo fotos publicadas em sítios de fotógrafos como o site Olhares e o Fine Art, ambos tendo autores portugueses em sua maioria e participou de muitos Workshops desde então, sendo um deles ministrado pelo grande fotógrafo português Manuel Madeira. Como boa pisciana, arrisca algumas poesias, tendo algumas publicadas no site “Pensador”. Fez exposições de seus quadros em 2014. Se define como amante das artes e dispara que nada sabe, o aprender acontece todos os dias. Colaboradora de vários sites de mídias, com trabalhos publicados em muitos lugares de destaque.

[email protected]

Nenhum comentário

Deixe um comentário