a
HomeCabine de Imprensa & CríticaCrítica/As Confissões de Roberto Andò.

Crítica/As Confissões de Roberto Andò.

Crítica/As Confissões de Roberto Andò.

20160825-02-as-confissoes-papo-de-cinema

Casting de As Confissões/foto Mares Filmes

O filme envolve do inicio, criando um clima (mafioso) envolvendo um monge que a convite também se hospeda em um luxuoso hotel em reunião do G8 – grupo dos países mais desenvolvidos e Rússia – para celebrar o aniversário de Daniel Roché (Daniel Auteuil).
O G8 é composto de personalidades importantes e cada um deles, tem o seu próprio (esquema) de interesse…
No decorrer da trama o anfitrião aparece morto, presidente do Banco Mundial Daniel Roché (Daniel Auteuil) e vem às suspeitas sobre o monge cartuxo Roberto Salus (Toni Servillo), sendo o último a estar com a vítima.
O monge tem domínio dos fatos e não cede as muitas investidas e chantagens contra ele, defendendo o sagrado direito da confissão, nada conta do teor da conversa com Daniel.
O poder passando dos limites e um monge em seu silêncio absoluto, a queda de braço entre eles do poder e o simples monge segue até o final da trama.
O diretor italiano Roberto Andò mergulhou no universo da política e acertou!
Temos em “As Confissões”, o medo, o poder, a dúvida, a chantagem… Todos suspeitam de todos e Toni Servillo está excepcionalmente magnifico, ganha o telespectador da primeira cena a última!
O Ambiente é luxuoso, hostil e todos se destacam em um momento e outro na trama, envolvidos em um ar pra lá de misterioso.
No elenco estão:Pierfrancesco Favino,Moritz Bleibtreu, Connie Nielsen, Marie-Josée Croze e Roman Polanski.

Por Sanny Soares, editora do CM


post-festivalcinemaitaliano-02

Toni Servillo/ foto Mares Filmes

Trailer | As Confissões

Distribuidor Mares Filmes


Sanny SoarSanny Soareses é editora chefe e fundadora do Cidade da Mídia, jornalista, fotógrafa, artista plástica e crítica de cinema.
Em seu curriculum passou pela Revista Canal e o jornal O Campista.
Como fotógrafa é membro do renomado site Olhares e Fine Art Portugal.

Contato


 

Compartilhe com:
Quanto vale este artigo?

Natural de Brasília, carioca de coração. Artista Plástica, desenhista, poetisa e fotógrafa. Começou cedo nas artes, fazendo caricaturas dos amigos ainda no Colegial, fez desenho livre no Oberg Cursos de Desenho e seus quadros seguem o realismo, tendo como mestres Edward Hopper, Gustave Caillebotte e Amadeo Modigliani. Em sua estante tem biografias como de Walt Disney, Victor Hugo e Tony Blair entre outros que fizeram história. Na fotografia desde 2005, fez revelação de fotos em laboratório, época da fotografia Analógica, se rendeu a era digital tendo fotos publicadas em sítios de fotógrafos como o site Olhares e o Fine Art, ambos tendo autores portugueses em sua maioria e participou de muitos Workshops desde então, sendo um deles ministrado pelo grande fotógrafo português Manuel Madeira. Como boa pisciana, arrisca algumas poesias, tendo algumas publicadas no site “Pensador”. Fez exposições de seus quadros em 2014. Se define como amante das artes e dispara que nada sabe, o aprender acontece todos os dias. Colaboradora de vários sites de mídias, com trabalhos publicados em muitos lugares de destaque.

[email protected]

Nenhum comentário

Deixe um comentário