a
HomeGrade CulturalElba Ramalho canta no Canto da Ema – dia 16 de maio, quarta-feira, às 20h30 

Elba Ramalho canta no Canto da Ema – dia 16 de maio, quarta-feira, às 20h30 

Elba Ramalho canta no Canto da Ema – dia 16 de maio, quarta-feira, às 20h30 

Elba Ramalho faz show dia 16 de maio no CANTO DA EMA

Show beneficente destina verba em prol da campanha da Taylla Cristina e terá início 20h30.

Assídua na programação da casa, a cantora Elba Ramalho faz show no Canto da Ema dia 16 de maio, quarta-feira, às 20h30, com participação de vários artistas.

A artista paraibana costuma decidir o repertório junto ao público e dificilmente os clássicos De Volta Pro AconchegoBate CoraçãoAsa BrancaBanho de CheiroEu Só Quero Um XodóTenho Sede e Na Base da Chinela ficam de fora.

Outra característica do show é ter uma parte reservada para improvisos. Pode parecer algo amador, mas não, a banda que a acompanha é a banda do Mestrinho, o sanfoneiro que a acompanhou durante anos e que conhece seu repertório completo, além de conhecer uma vastidão de músicas dos grandes nomes do ritmo.

A banda traz também Vinicinho Guimarães (zabumba), Michael Pipoquinha (baixo), Léo Rodriguez (percussão), Thiago dos Santos (cavaco) e Elton Moraes (triângulo). Elba volta ao palco do Canto após o sucesso do trabalho Cordas, Gonzaga e Afins, que homenageia o rei do baião Luiz Gonzaga.O show é beneficente e destina verba em prol da campanha da Taylla Cristina.

Serviço:

Elba Ramalho – 16 de maio, quarta-feira.

Início do show – 20h30.

Ingressos: R$ 45,00 antecipado e R$ 55 no dia (APENAS INTEIRA).

CANTO DA EMA – Av. Brigadeiro Faria Lima, 364 – Pinheiros – SP. Tel: (11) 3813-4708.

Horários de funcionamento: Quarta-feira, das 20h30 às 2h.

Serviço de vallet: R$ 20. Salão com capacidade para 450 pessoas.

– Não aceitaremos Cartão Preferencial
– Não haverá lista de aniversariante
– Aniversariantes do dia não terão direito ao vip
– Não aceitaremos quaisquer tipo de desconto

Área externa aberta e com teto retrátil, chapelaria, cozinha e bar. Serviço de buffet especializado para eventos corporativos. Lojinha – vende camiseta masculina, feminina e infantil, e sapatilha (entre R$ 25 e R$ 30), CDs de várias bandas (a R$ 10 em média), o livro O Fole Roncou – uma História do Forró (R$ 45).

Sobre a casa Canto da Ema – Desde que foi inaugurada, há 15 anos, a casa de cultura nordestina Canto da Ema tem proporcionado ao público o melhor do ritmo, da recente nova safra do forró e, por vezes, consagrados nomes do gênero como Dominguinhos, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, Chico Cesar entre outros.

Com variada programação de quarta a domingo e em todas as vésperas de feriado, todos os amantes, simpatizantes e iniciantes do ritmo encontram um aconchegante ambiente, área externa aberta e com teto móvel, atendimento de primeira, excelentes instalações sanitárias, cozinha e bar.

No comando do Canto da Ema está Paulinho Rosa. A casa tirou seu nome de uma música homônimo de João do Vale, que teve como principal intérprete Jackson do Pandeiro. Produtor, ele trabalha com forro há quase 25 anos. Identificado como o precursor do forró universitário, hoje é curador do palco forró da Virada Cultural.

ARTEPLURAL Comunicação
Fernanda Teixeira – (11) (11) 3885-3671
[email protected]
www.artepluralweb.com.br
www.twitter.com/arteplural
Facebook – Arteplural


Compartilhe com:
Quanto vale este artigo?

Natural de Brasília, carioca de coração. Artista Plástica, desenhista, poetisa e fotógrafa. Começou cedo nas artes, fazendo caricaturas dos amigos ainda no Colegial, fez desenho livre no Oberg Cursos de Desenho e seus quadros seguem o realismo, tendo como mestres Edward Hopper, Gustave Caillebotte e Amadeo Modigliani. Em sua estante tem biografias como de Walt Disney, Victor Hugo e Tony Blair entre outros que fizeram história. Na fotografia desde 2005, fez revelação de fotos em laboratório, época da fotografia Analógica, se rendeu a era digital tendo fotos publicadas em sítios de fotógrafos como o site Olhares e o Fine Art, ambos tendo autores portugueses em sua maioria e participou de muitos Workshops desde então, sendo um deles ministrado pelo grande fotógrafo português Manuel Madeira. Como boa pisciana, arrisca algumas poesias, tendo algumas publicadas no site “Pensador”. Fez exposições de seus quadros em 2014. Se define como amante das artes e dispara que nada sabe, o aprender acontece todos os dias. Colaboradora de vários sites de mídias, com trabalhos publicados em muitos lugares de destaque.

[email protected]

Nenhum comentário

Deixe um comentário