a
HomeGrade Cultural“RODA AFROLAJE” na Praça Agripino Grieco no Méier

“RODA AFROLAJE” na Praça Agripino Grieco no Méier

“RODA AFROLAJE” na Praça Agripino Grieco no Méier

Afrolaje Roda dia 27/05/18 a partir das 15:00 h, com lançamento do livro “Eu curiosa” As aventuras de menina semente no Jongo/caxambu.
Nas atividades haverá de Capoeira Angola, Jongo, Samba de Roda, Coco, Juju do Acarajé,  Artigos personalizados de Marlon Chapeleiro, Luiz Fernandes e Alma Da Lívia entre outras atividades.

O evento acontecerá no Méier na Praça Agripino Grieco – Rua Dias da Cruz, S/N – Méier, perto da Estação de Trem.

Sobre o Livro

As aventuras de menina semente no Jongo/Caxambu, lançado pele editora Besouro, onde passou por uma seleção de um edital concorrendo com diversos outros contos, baseado em fatos reais, escrito por Flavia Souza. Fala da trajetória de uma menina curiosa, que queria conhecer as tradições culturais de sua família. Este conto é uma extensão do conto Menina Semente, que fala da identidade desta menina e mulher negra, assim como muitas outras mulheres negras que se perdem de seus familiares por conta do racismo. História contada através da oralidade agora registrada em um livro. A literatura infantil afro-brasileira, se usada como instrumento de valorização e construção de uma identidade étnica e cultural positiva, pode ser uma importante aliada na desconstrução de estereótipos racistas que permeiam a sociedade brasileira desde os primórdios da construção do Brasil.

Este conto tem como objetivo trazer para a discussão/reflexão a relevância desta literatura no processo de socialização. Contribuirá significativamente para o aumento da autoestima e formação identitárias dos jovens e crianças negras, assim como para a valorização da história e culturas africanas e afro-brasileira, no combate ao racismo, que de forma sutil, velado e silencioso pressente no cotidiano dos sujeitos e em todos os espaços sociais. Assim mostra e retrata que as trajetórias das mulheres negras Brasileiras são permeadas pela solidão.

Compartilhe com:
Quanto vale este artigo?

Produtora, atriz e Agente Cultural formada pelo curso: PADEC, CECIERJ do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Produz espetáculos de Teatro e realizou a sua primeira direção profissional para o público infantil no espetáculo Os Saltimbancos de Chico Buarque de Holanda. Trabalha a 6 anos no SATED-RJ, produzindo as oficinas e palestras da instituição, nos últimos 2 anos sendo coordenadora dos projetos de Oficinas. É produtora e repórter da Rádio Revolução, rádio inclusiva que fica situada dentro do Instituto Nise da Silveira no Engenho de Dentro. Acredita em uma sociedade que dê direito de oportunidades para todos e que a Cultura e Educação não seja restrita. Nenhum direito a menos.

[email protected]

Nenhum comentário

Deixe um comentário